Vinho engarrafado em crescimento


De acordo com o Observatório Espanhol do Mercado do Vinho (OEMV), Portugal exportou menos 8% de vinho, entre janeiro e setembro de 2014, afetado pela queda acentuada de vinho a granel, especialmente em França e Espanha. No entanto, aumentou as receitas da exportação em 1,2%, o que representa mais de 500 milhões de euros, muito graças ao crescimento do vinho engarrafado, o que correspondeu a mais de 90% do volume total de negócios.

França, em valor, e Angola, em volume, continuam a ser os principais mercados, registando-se uma evolução positiva das vendas para a Alemanha e o Reino Unido. O preço médio subiu 10% (2,43€/litro) e aproxima-se, a pouco e pouco, dos valores registados no início do século.



Redação | WINE-A Essência do Vinho