Brasil deu grande contributo


Mais de 20 milhões de litros de vinho alentejano engarrafado e certificado destinam-se à exportação. Os dados foram divulgados pela Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA) e indicam, em termos percentuais, que 71%  das exportações são dirigidas a mercados extracomunitários, ficando 29% no mercado europeu. Comparando a realidade de 2014 com 2013, as exportações cresceram 5,1%.

Os sete principais mercados, que representam 93% do volume das exportações para fora da União Europeia (UE), tiveram aumentos consideráveis, muito em particular o Brasil, com 15%. Os Estados Unidos cresceram 6% e Angola, 5%.  Ainda de acordo com os dados avançados pela CVRA, as exportações para países da UE subiram 7% em 2014.

O Alentejo é a região líder no mercado português de venda de vinhos, estimando-se possui uma quota de mercado (em valor e volume) na ordem dos 45%.



Redação | WINE – A Essência do Vinho