A Fonseca acaba de ser distinguida com pontuação máxima por aquele que é tido como o mais influente crítico de vinhos do mundo, o norte-americano Robert Parker.

O Fonseca Porto Vintage 1963 é o alvo da distinção, assim descrito por Parker: “Decantado três horas antes, exibia um elixir de pétalas de rosa cristalizadas, fruta preta e vermelha, alcaçuz, cassis e quirche. Com quase 50 anos, este deslumbrante Porto Vintage parece ter ainda mais 20 a 25 anos de vida”. Parker bebeu o Fonseca 1963 num jantar comemorativo de um grande enólogo de Maryland e seu amigo, Bert Basignani, onde estiveram presentes outros grandes vinhos, tendo apenas o Fonseca 1963 e o Pichon Longueville Comtesse de Lalande 1982 recebido 100 pontos.

O 1963 é o quinto Vintage da Fonseca a merecer 100 pontos, sucedendo aos  1927, 1948, 1977 e 1994, que obtiveram essa pontuação na “Wine Spectator”.

Por fim, como curiosidade, refira-se o restante invejável leque de vinhos provados por Parker e Basignani no jantar acima referido: Billecart Salmon Rosé (Champagne, 93 pontos), Château St. Jean Belle Terré Riesling Select Late Harvest 1978 (94),  L’Evangile (Pomerol, 96 pontos), Lynch Bages 1982 (Pauillac, 94), Léoville Las Cases 1982 (St. Julien, 95+), Léoville Poyferré 1982 (St. Julien, 96), Trotanoy 1982 (Pomerol, 97)


Redação | WINE-A Essência do Vinho
www.essenciadovinho.com