Mais de 300 distinguidos

O concurso “Vinhos de Portugal” distinguiu 303 vinhos nacionais, numa cerimónia de entrega de prémios, que decorreu no Solar do Vinho do Dão, em Viseu, dia 15 de maio.

No concurso organizado pela ViniPortugal, os 1.156 vinhos apresentados foram avaliados por 22 profissionais do setor, oriundos de oito países. As medalhas “Grande Ouro”, num total de 22, foram atribuídas a cinco brancos de quatro regiões, 14 tintos distribuídos por seis regiões, três licorosos das regiões de Setúbal e Porto, e um colheita tardia do Tejo.

A categoria “Melhores do Ano” distinguiu o vinho branco Herdade do Esporão Verdelho 2014 como o “Melhor Vinho de Portugal 2015” e o “Melhor Varietal”, o Ataíde Semedo Millésime Bruto 2013 como “Melhor Espumante”, e por fim, o Bacalhôa Moscatel Roxo Superior como “Melhor Fortificado”.

“Depois de uma primeira fase do concurso, que decorreu em Santarém, em que os jurados confirmaram a elevada qualidade dos vinhos portugueses, independentemente da região, o Grande Júri, que reuniu em Viseu, veio reconhecer que Portugal é de facto um país de diversidade, quer de castas quer de climas e solos, e em que todas as regiões têm um elevado grau de qualidade e diferenciação, razão pela qual 11 regiões foram contempladas com “Grandes Ouros” e “Ouros””, salienta Jorge Monteiro, presidente da ViniPortugal.

Redação | WINE – A Essência do Vinho