Arranca amanhã, dia 5 de junho, e prolonga-se até ao próximo domingo, dia 7, o MINHO FESTIVAL, festival enogastronómico promovido pelo Consórcio MINHO IN no âmbito do projeto ESSÊNCIA DO MINHO, que reúne as Comunidades Intermunicipais (CIM) do Alto Minho, Cávado e Ave. Pelas 18h de sexta-feira, o Secretário de Estado da Alimentação e da Investigação Agroalimentar, Nuno Vieira e Brito, inaugura o evento.

Durante três dias a cidade de Braga terá apetecíveis pretextos acrescidos de visita, traduzidos em restaurantes, expositores com produtos regionais, apresentações de cozinha ao vivo e provas comentadas de vinhos.

Os restaurantes L’Eau Vive - Hospedaria Convento de Tibães, Delicatum e Hamburgueria Alta Burguesia estarão em funcionamento permanente, com menus que combinam os sabores mais tradicionais e novas versões da cozinha e dos produtos minhotos.

Igualmente disponíveis em permanência no evento, 40 expositores mostram dezenas de produtos tão variados como doçaria tradicional, enchidos, queijos, vinhos e até artesanato, sempre com possibilidade de aquisição.

Destaque ainda para as apresentações de cozinha ao vivo dos chefes Renato Cunha (do restaurante Ferrugem, em Famalicão, sábado, 16h) e de António Loureiro (chefe do Hotel Meliá Braga, recentemente distinguido “Chefe Cozinheiro do Ano 2014”, sábado, 19h), bem como para a aula de cozinha para crianças, dirigida pela Nutrir, que pretende alertar os mais novos para a importância de uma alimentação saudável (domingo, 13h). A emblemática Doçaria da Cruz de Pedra fará ainda uma demonstração de um dos mais notáveis exemplares da doçaria tradicional portuguesa, o Pudim Abade de Priscos (domingo, 18h).

A enóloga Raquel Sousa vai orientar provas comentadas de vinhos, sob diversas temáticas: espumantes do Minho (dia 5, 21h), vinhos da casta Loureiro (dia 6, 17h15) e vinhos da casta Alvarinho (dia 7, 15h).

Ao final da tarde de domingo destaque ainda para a sessão “Vinho e Música Clássica ao Vivo”, que junta o editor da revista WINE, Luis Costa, no comentário de vinhos e o violinista Tomás Costa, na reinterpretação de grandes obras de compositores intemporais.

MINHO FESTIVAL estará disponível ao público no dia 5, das 17h às 23h, dia 6, das 12h às 23h, e dia 7, das 12h às 20h. A entrada tem um custo de 3€, inclui copo de provas e acesso ao recinto e às diferentes atividades do programa. Quem apresentar comprovativo de viagem CP ou TUB (Transportes Urbanos de Braga) poderá adquirir entrada pelo valor de 1€, sem copo de provas. Os TUB reforçaram, aliás, as ligações entre o centro da cidade de Braga e o Mosteiro de Tibães durante este fim de semana, para facilitar o acesso de visitantes ao evento.

Quando estiver concluído o MINHO FESTIVAL, o derradeiro momento da ESSÊNCIA DO MINHO está agendado para 13 de junho, no Paço dos Duques, em Guimarães.

A partir das 22h30, a MINHO WINE NIGHT traduzir-se-á numa divertida wine party, que pretende contextualizar os vinhos do Minho num ambiente festivo, ajudando a desmistificar barreiras de momentos de consumo e aumentando a notoriedade dos vinhos do Minho junto de novos consumidores.

Música ao vivo e atuações de dj’s, jogos de luzes e wine bars com vinhos do Minho constituem a programação do evento.

O projeto ESSÊNCIA DO MINHO é promovido pelo Consórcio MINHO IN e tem produção da EV-Essência do Vinho. 

Redação | WINE – A Essência do Vinho