Sessões de cozinha ao vivo esgotadas, workshops muito concorridos, elevada afluência aos restaurantes representados e um muito concorrido mercado gourmet. Assim pode ser descrita a primeira edição do “Prove Dão Lafões”, evento enogastronómico realizado no Adro da Sé de Viseu, no fim de semana, que superou as melhores expetativas da organização.

“O evento foi um êxito. Estamos muito satisfeitos pela forma como decorreu, pelo entusiasmo que suscitou entre os restaurantes, chefes de cozinha e expositores, pela adesão dos visitantes e ainda pelo impacto público gerado. O ‘Prove Dão Lafões’ reforçou a notoriedade e excelência dos produtos da região, ou seja, cumpriu largamente o objetivo para o qual foi pensado”, afirma Carlos Marta, Presidente da Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região Dão Lafões, a entidade organizadora da iniciativa.

O “Prove Dão Lafões” traduziu-se num desafio aceite pelos viseenses e habitantes da região, tendo-se relevado um pretexto de deslocação até à cidade por muitos outros visitantes oriundos de diversos pontos de país.

“Provamos que é possível potenciar a agenda cultural da região com iniciativas bem focadas no melhor que temos para oferecer. E quem nos visita sabe que, a par da paisagem e do património, por exemplo, a gastronomia, os vinhos e demais produtos regionais ligados à enogastronomia estão revestidos de uma autenticidade cada vez mais difícil de encontrar. Isso agrada à generalidade das pessoas e é um dos nossos melhores cartões de visita. Com apostas certas, devidamente estruturadas e de qualidade poderemos aumentar a nossa capacidade de atração turística e criar ´inputs´ a nível económico e cultural entre a própria população local”, reforça Carlos Marta.

A edição de estreia do “Prove Dão Lafões” foi organizada pela CIM Dão Lafões, em articulação com o Turismo Centro de Portugal e com produção da EV-Essência do Vinho.


José João Santos | Revista WINE-A Essência do Vinho
www.essenciadovinho.com