Regressado prometido para 2016

 

Experienciar a sensação da pisa de uvas, ao ritmo de música tradicional e num novo espaço, como o Museu do Vinho de São João da Pesqueira. As lagaradas foram uma das novidades da programação da 13ª edição da VINDOURO – Festa Pombalina, que decorreu no fim de semana naquele que é o concelho do Douro Vinhateiro com maior área classificada como Património da Humanidade.

Os visitantes puderam, assim, reviver outros tempos mas casos houve em que se tratou de uma estreia absoluta. Que o diga a comitiva de importadores europeus que a VINDOURO trouxe até à região, que também teve oportunidade de experimentar a pisa de uvas em lagares de granito.

O novo Museu do Vinho acolheu as cerca de três dezenas de produtores da região que estiveram representados na prova livre, apresentando vinhos DOC e Vinhos do Porto. Em simultâneo, o sommelier Manuel Moreira conduziu provas informais sobre vinhos, com o objetivo de transmitir dicas úteis aos consumidores.

Ao longo de seis horas ininterruptas, boa parte da VINDOURO – Festa Pombalina chegou a todo o país através da emissão em direto do programa “Verão Total”, da RTP1, na tarde de sábado. E, como habitualmente, não faltou o desfile e o mercado pombalinos, que resgataram a atmosfera do século XVIII para as ruas do centro histórico de São João da Pesqueira, em torno da figura tutelar da região, o Marquês de Pombal. O jantar pombalino, com menu inspirado na época, teve assinatura do mais conceituado restaurante da região, o DOC, do chefe Rui Paula.

Organizada pela Câmara Municipal de João da Pesqueira, com produção da EV – Essência do Vinho, Beira Douro e Cryseia e em parceria com a Capital Douro – Associação Industrial, Comercial e de Serviços de S. João da Pesqueira e I Love Douro, a VINDOURO – Festa Pombalina estará de regresso em 2016.

 

Redação | WINE  - A Essência do Vinho