Com 30 anos de estágio

A partir de um vinho produzido nos anos 70, das castas Roupeiro e Rabo de Ovelha, começou a desenhar-se a nova aguardente da Adega de Borba que agora chega ao mercado.

Após destilação e 30 anos de estágio, Borba apresenta-a como tendo “uma cor âmbar dourada, a topázio, e um aroma intenso mas suavemente especiado, a frutos amarelos bem maduros e secos”.

A aguardente terá um PVP de 69€.

 

Redação | WINE – A Essência do Vinho