Brancos e rosés para o verão

As novidades da colheita de 2015 da Quinta de S. Sebastião foram apresentadas, no passado dia 25 de maio, numa sessão que contou com a presença do proprietário António Parente e do enólogo Filipe Sevinate Pinto. O lançamento oficial nas categorias de vinhos brancos e rosés foi acompanhado por um "bailado de cavalos" - outra das paixões de António Parente - ao som dos fados de Amália Rodrigues. 

O especial destaque foi para os vinhos que se apresentam como novidades para este verão: Mil Caminhos Rosé e S. Sebastião Sauvignon Blanc.

A Quinta de S. Sebastião localiza-se em Arruda dos Vinhos, região de Lisboa. Os 10 hectares de vinha, com 11 anos, encontram-se plantados numa encosta virada a nascente, com forte influência atlântica, chegando a uma cota de 60 metros. O tipo de solo é argilo-calcário com grandes manchas calcárias, o que confere qualidades únicas aos vinhos ali produzidos. A quinta apresenta-se ao consumidor com quatro marcas: Quinta de S. Sebastião, S. Sebastião, Mina Velha e Mil Caminhos.

Eis a lista de vinhos provados: 

Quinta de S. Sebastião branco 2015 
Este vinho é composto pelas castas Arinto, Cerceal e Sauvignon Blanc. Apresenta uma cor citrina. No nariz acentua-se a mineralidade, em conjunto com frutas de caroço (damasco) e um ligeiro toque floral. Na boca é um vinho que se apresenta com uma boa acidez e bom volume de boca, bastante persistente e vibrante. 

Quinta de S. Sebastião rosé 2015
Um rosé cor salmão pálido. No nariz encontramos o aroma floral (rosas) e frutado (framboesas e goiaba). Boca com frescura e elegância. Contraste dado pelas castas Merlot e Touriga Nacional. 

S. Sebastião branco 2015
Sauvignon Blanc e Arinto são as castas que compõem este vinho. Apresenta uma cor citrina. No nariz, aromas minerais e cítricos que combinam com a boca, numa acidez bem marcada e refrescante. 

S. Sebastião Sauvignon Blanc 2015
Um monovarietal proveniente de um solo argilo-calcário com influência atlântica. Cor citrina. No nariz, notas vegetais e mineralidade característica da casta. Na boca é bastante fresco e mineral.  

Mina Velha rosé 2015
Apresenta uma cor cereja, aroma frutado groselha e framboesa. Na boca tem boa acidez e tanino bem marcado. Um rosé bastante gastronómico, composto pelas castas Touriga Nacional e Tinta Roriz.

Mil Caminhos branco 2015
Arinto e Fernão Pires são as castas que compõem este vinho. Apresenta uma cor citrina e aroma expressivo floral com notas de lima. Na boca é fresco e suave. 

Mil Caminhos rosé 2015
Um rosa ao estilo de Provence, com uma cor salmão claro. No nariz é muito suave, com aromas florais (rosas secas) e morangos maduros. Na boca tem bastante frescura e vivacidade.

Raquel Sousa | WINE – A Essência do Vinho