Um Pinot Noir da colheita 2014

Há uma nova sub-região no Alentejo que está a despertar, na costa, junto ao Atlântico. Um dos percursores é Cortes de Cima, que depois das primeiras experiências com vinhos brancos está agora a lançar no mercado o primeiro vinho tinto, um 100% Pinot Noir, da colheita 2014.

Hans Jorgensen, dinamarquês que na Vidigueira lançou o projeto Cortes de Cima, decidiu plantar novos vinhedos junto à costa alentejana, na zona de Vila Nova de Milfontes, em chão de areia. Num processo de tentativa/erro, a experimentação acabaria por resultar em alguns brancos reconhecidos e agora num tinto da delicada Pinot Noir, culminar de quatro vinificações experimentais, noutras tantas vindimas.

O vinho, com habituais notas de morango e algum cogumelo, tem PVP de 27€ e é um trabalho enológico de Hans Jorgensen e Hamilton Reis.

Redação | WINE - A Essência do Vinho