Um clássico alentejano

A Fundação Eugénio de Almeida (FEA) está a lançar no mercado o Cartuxa branco 2015. Trata-se de um lote que reúne duas castas tradicionais alentejanas (Antão Vaz e Roupeiro) a uma terceira, o Arinto.

Obtido a partir de vinhas plantadas em solos graníticos de Évora, a FEA assegura que possui notas aromáticas de ananás, pera, alguma laranja e mel, com frescura, boa acidez e final longo, sugerindo que possa maridar com peixes gordos.

OCartuxa branco 2015 tem PVP de 9,50€ e é assinado pelo enólogo Pedro Baptista.

Redação | WINE – A Essência do Vinho