A Corticeira Amorim atingiu nos primeiros seis meses deste ano o maior volume de vendas alguma vez registado: 275 milhões de euros, o que representa um crescimento de 8% face a igual período de 2011.

Também com tendência positiva, as vendas consolidadas do segundo trimestre superaram em 7% as de igual período de 2011, fixando-se em 143,7 milhões de euros. Os valores são justificados pelo bom comportamento apresentado pelas duas principais unidades de negócio da corticeira, as rolhas e os revestimentos.

No caso específico dos vedantes de cortiça, a valorização do dólar norte-americano perante o euro e o crescimento do mercado do vinho em mercados como os Estados Unidos e a China ajudaram a alcançar estes valores. Em termos concretos, as vendas totais de rolhas cresceram 6,6%, ou seja, mais 78 milhões de rolhas, atingindo um valor de 162,5 milhões de euros.

Redação | WINE – A Essência do Vinhoƒ‚‚

www.essenciadovinho.com