As vendas de Vinho do Porto aumentaram no primeiro semestre deste ano, regressando a um plano positivo que se traduziu em vendas na ordem dos 138 milhões de euros.

De acordo com informação divulgada esta quinta-feira pelo Instituto dos Vinhos do Douro e Porto (IVDP), o maior crescimento face a período homólogo do ano anterior registou-se no Reino Unido, 22,6%. Portugal também contribuíu para este crescimento de vendas, apresentando mais 16,6% do que nos primeiros seis meses de 2011. 

Em termos globais, Reino Unido, Portugal, Holanda e Bélgica foram os mercados que mais contribuíram para a boa performance do Vinho do Porto na primeira metade do ano, apresentando um crescimento de 4,2% nas receitas em comparação com igual periodo do ano anterior. Em valor, o Reino Unido comprou cerca de 11 milhões de euros, a Holanda foi recordista com 18,2 milhões, seguindo-se Portugal, com 17,8 milhões, e a Bélgica, com 15,6 milhões.

"Num período de contração económica, um aumento de vendas de Vinho do Porto é um sinal francamente positivo para as exportações portuguesas, sobretudo tendo em conta o que representa este produto bandeira", refere Manuel de Novaes Cabral, presidente do IVDP.

No caso do vinho DOC Douro também houve um aumento de vendas neste primeiro semestre do ano, 39 milhões de euros que equivalem a um crescimento de 4,2%. Angola foi o mercado onde as vendas de DOC Douro mais cresceram (65%, num total de 2 milhões de euros). A Alemanha comprou mais 25%, atingindo 1,9 milhões. O mercado português retraiu-se ligeiramente mas, perante os valores globais, verifica-se um aumento do preço médio em torno dos 3,9%.

 

Redação | WINE-A Essência do Vinho