E apresenta novas colheitas Dory

A Adega Mãe acaba de lançar uma nova marca na Região de Lisboa, adicionando ao portefólio os primeiros topos de gama, Adega Mãe Terroir tinto 2012 e Adega Mãe Terroir branco 2013. Produzida a partir de colheitas excecionais, a nova categoria de vinhos nasce com o objetivo de interpretar o “fantástico terroir atlântico”. 

Com o PVP de 39€ e comercialização de 3.006 unidades, Adega Mãe Terroir tinto 2012 é elaborado a partir das castas Touriga Nacional e Merlot, apresentando-se como um vinho “muito complexo”, com notas de resina, mineral e fruto preto. É indicado para acompanhar queijos e carnes vermelhas. Já Adega Mãe Terroir branco 2013, com o PVP de 39€ e comercialização de 2.765 garrafas, é composto por Viosinho, Alvarinho e Arinto, manifestando um aroma complexo, mineral e fumado. Harmoniza com queijos de pasta mole e peixes no forno. Ao mesmo tempo, a produtora lança no mercado as novas colheitas Dory. Com o PVP de 12€, Dory Reserva tinto 2013 é feito a partir de Touriga Nacional, Merlot, Cabernet Sauvignon e Petit Verdot. Sugerido para harmonizar com carnes vermelhas, assados e caça. Dory Reserva branco 2014, também com o PVP de 12€, apresenta Viosinho, Alvarinho e Chardonnay na composição. Acompanha queijos de pasta mole, bacalhau assado no forno e outros peixes gordos assados. 

Localizada no concelho de Torres, Adega Mãe detém uma área de vinha de aproximadamente 40 hectares, produzindo cerca de 1,5 milhões de litros de vinho (branco, tinto e rosé) por ano. 

Redação | WINE – A Essência do Vinho