CVRA e Casa do Azeite distinguem “À Terra”

“À Terra” foi considerado “Melhor Restaurante Mediterrânico 2016”. A 2ª edição do concurso nacional premiou o restaurante de Moncarapacho, Olhão, com o “Diploma de Excelência”, com base no trabalho de cozinha “sofisticado” e na “total harmonia” de sabores, que “incorporaram na perfeição a essência da dieta mediterrânica”.

Com o “Diploma de Ouro” foi distinguido o restaurante “5 Amêndoas”, em Évora. Já o “Antiqvm”, no Porto, e o “Cimas”, no Estoril, receberam “Diploma de Prata”. Por fim, o “Diploma de Bronze” foi atribuído aos restaurantes “Albatroz”, em Cascais, e “Dom Joaquim”, em Évora. O lote de seis premiados foi selecionado de um conjunto de finalistas visitados pelo júri – constituído por Célia Lourenço (colaboradora da revista WINE), Duarte Calvão (crítico gastronómico), Francisco Mateus (representante CVRA), Tiago Caravana (representante CVRA) e Mariana Matos (representante Casa do Azeite) – de forma anónima. 

A qualidade do menu, o serviço e a capacidade de informar os clientes acerca dos principais conceitos e vantagens da dieta mediterrânica foram os parâmetros avaliados. O anúncio dos vencedores foi realizado no âmbito da “Grande Prova Mediterrânica – Azeites e Vinhos do Alentejo”, que decorreu no CCB – Centro Cultural de Belém, Lisboa. O concurso “Melhor Restaurante Mediterrânico 2016” foi organizado pela Comissão Vitivinícola Alentejana (CVRA) e pela Casa do Azeite, contando com produção EV-Essência do Vinho.

Redação | WINE – A Essência do Vinho