Neste momento, o país conta 14 distinguidos

Na noite de 23 de novembro se saberá, mas tudo indica que o famoso “Guia Michelin” será bondoso para Portugal. “O ano 2017 será um grande ano para Espanha e um ano bombástico para Portugal”, afirmou Ángel Pardo, diretor de relações externas  do famoso guia vermelho, em declarações a jornalistas espanhóis.

Por cá, já se fazem apostas. Há quem garanta que haverá o dobro de restaurantes distinguidos; há quem acredite num misto de novos distinguidos e de reforço de estrelas para espaços que detêm neste momento uma. Descartada esta a possibilidade de existir um três estrelas Michelin em Portugal, ao contrário do que sucederá em Espanha.

Neste momento, no “Guia Michelin Espanha & Portugal”, uma das mais ambicionadas distinções no universo da gastronomia mundial, constam 14 restaurantes portugueses: Vila Joya (Algarve), The Ocean (Algarve) e Belcanto (Lisboa), com duas estrelas; Pedro Lemos (Porto), The Yeatman (V.N. Gaia), Largo do Paço – Casa da Calçada (Amarante), Henrique Leis (Algarve), Bon Bon (Algarve), São Gabriel (Algarve), Willie’s (Algarve), Eleven (Lisboa), Feitoria (Lisboa), Fortaleza do Guincho (Cascais) e Il Gallo d’Oro (Funchal), com uma estrela.   

Redação | WINE – A Essência do Vinho