Chama-se Monsaraz Museu Aberto 2012, assumindo assim a designação da 20ª bienal de cultura que a vila alentejana promoveu em julho. É o novo vinho da Carmim, um tinto Reserva da colheita de 2010.

O lote resulta das castas Aragonês, Trincadeira e Alicante Bouschet, e a edição está limitada a pouco mais de 10.000 garrafas, com PVP recomendado de 9,99€.

A Carmim acaba, entretanto, de ser distinguida "PME Líder 2012" pelo IAPMEI. O estatuto pretende reconhecer o desempenho económico e financeiro de pequenas e médias empresas portuguesas e, no caso da Carmim, sucede à distinção de "PME Excelência 2009", igualmente atribuído pelo IAPMEI. Com 900 associados, a Carmim é na atualidade uma das mais pujantes adegas cooperativas em Portugal, exportando para mais de 30 países.

Redação | WINE-A Essência do Vinho