Um tinto de 2013, sublinhado por câmara de provadores

Casa de Santar Dão Nobre tinto 2013 é o primeiro vinho tinto português a receber a designação “Dão Nobre”. Este selo é reservado aos vinhos que obtêm a mais alta classificação na Câmara de Provadores da Comissão Vitivinícola Regional do Dão, num mínimo de 90 pontos em 100. O vinho tem assinatura do enólogo Osvaldo Amado, que realça este “marco assinalável” na história do Dão, “fruto de um sonho, de persistência e de muito trabalho”s

Produzido a partir das castas Touriga Nacional (50%), Alfrocheiro (20%), Tinta Roriz (20%) e Jaen (10%), Casa de Santar Dão Nobre tinto 2013 resulta de uma seleção das 15 melhores barricas (num total de 100), tendo passado por um estágio de 18 meses (75% em barricas novas de carvalho francês e 25% em barricas de segundo ano). Apresenta cor intensa e aroma complexo, com domínio de barrica e fruta escura, e suaves notas vegetais. O PVP é de 70€.

Com 226 anos de história, a Casa de Santar é uma das marcas mais emblemáticas do Dão. Apresenta a maior vinha contínua da região, de 100 hectares, e comercializa anualmente mais de 500.000 garrafas de vinho.

Redação | WINE – A Essência do Vinho