Metamorfose branco 2014 completa o trio de novidades

A Dalva, uma das marcas que integra o grupo Gran Cruz, o maior produtor de Vinho do Porto (30 milhões garrafas/ano), prepara-se para lançar no mercado três novidades: um vinho branco, um espumante e um colheita tardia.

Dalva Late Harvest 2014, com PVP de 22€, é obtido a partir de uma vinha de Sémillon no planalto de Alijó. Apresenta-se dourado, com aromas de casca de laranja, leve mel, damasco e notas apetroladas, com final fresco e equilíbrio entre doçura e acidez. Já o Dalva Espumante Bruto 2016 (PVP 7€) corre o sério risco de tornar-se num “blockbuster”. Todo aromático, é descontraído e convidativo, revelando cordão fino e ritmado, aromas de polpa de uva branca, flores brancas e lima. Tem prova fácil, com levíssimos torrados e massapão, e uma acidez final que refresca. Uma proposta a ter em consideração para os dias mais quentes, tendo por base um “blend” de Viosinho, Moscatel Galego, Gouveio, Rabigato e Malvasia Fina.

A fechar, o Dalva Metamorfose 2014. É um vinho branco de perfil gastronómico, de cor amarelo limão, aromas de leves tostados de barrica, maçã verde, limão, madressilva e pedra molhada. Tem porte sem nunca perder frescura e ainda uma acidez final prolongada que, por isso, combina bem com gastronomia. A produção é diminuta, traduzia em escassas três barricas de 600 litros, e o PVP de cada garrafa é de 25€. É um dueto de castas, em que predomina o Viosinho, tendo a Malvasia Fina papel secundário.

JJS | Revista de Vinhos – A Essência do Vinho