Sogrape esclarece dúvida 

A Sogrape esclareceu “o mistério por detrás do Barca Velha 1955”. Após “mais de 30.000 documentos para análise meticulosa”, apurou-se que o criador, o enólogo Fernando Nicolau de Almeida, “definitivamente registou a oferta e venda de uma quantidade muito limitada de garrafas de Barca Velha 1955”.

As ditas garrafas foram endereçadas a “familiares, amigos e alguns nomes sonantes da sociedade portuguesa à época, como embaixadores, cônsules e empresários”. A Sogrape, que adquiriu a Casa Ferreirinha em 1987, refere em comunicado que “são ainda desconhecidas as razões pelas quais esta edição não integrou o circuito comercial”.

Assim sendo, passam a existir 19 colheitas do mítico vinho: 1952, 1953, 1954, 1955, 1957, 1964, 1965, 1966, 1978, 1981, 1982, 1983, 1985, 1991, 1995, 1999, 2000, 2004 e 2008.

Redação | Revista de Vinhos – A Essência do Vinho