Os quatro melhores alunos do curso de Gestão e Produção de Cozinha das escolas de turismo de Portugal começam esta semana a trabalhar nas embaixadas de Portugal na Tunísia, Israel, Itália e Luxemburgo.

Os jovens serão responsáveis pela produção alimentar nas respetivas missões diplomáticas (almoços, jantares, cocktails e receções oficiais), desde a logística à produção e questões diárias de protocolo. A contratação resulta de um protocolo assinado no início deste ano, entre o Turismo de Portugal e o Ministério dos Negócios Estrangeiros. De acordo com comunicado enviado à Imprensa pelo Ministério da Economia e do Emprego, "os jovens terão um contrato de trabalho e remuneração adaptada ao custo de vida local" e este programa "permite-lhes ganhar novos conhecimentos e aumentar o reconhecimento da formação de excelência das escolas do Turismo de Portugal".

Estão previstos dez contratos de trabalho por ano, de acordo com as necessidades das missões diplmáticas portuguesas.

Redação | WINE-A Essência do Vinho