O Quinta do Ataíde Vinha do Arco Touriga Nacional 2014 foi um dos 10 vinhos eleitos por Jon Arvid Rosengren, considerado o melhor sommelier do mundo em 2016, para integrar o “Vinexpo Challenge”, uma desafiante prova cega que convida os produtores presentes na Vinexpo Bordéus a testar conhecimentos acerca de vinhos do mundo.

O sommelier selecionou uma dezena de vinhos (cinco brancos e cinco tintos) representados no evento, que expressassem castas, regiões e estilos vincados. O Quinta do Ataíde Vinha do Arco Touriga Nacional 2014, elaborado pela Symington Family Estates no Douro, esteve ao lado de quatro outros tintos do mundo: Mt. Veeder Cabernet Sauvignon 2014, de Napa Valley, EUA; Bekkers Grenache 2015, de Mc Laren Vale, Austrália; Pio Cesare Nebbiolo 2010, um Barbaresco DOCG Ul Bricco, de Itália; e Weinlaubenhof 2014, um Qualitatsweins Zweigelt, da Áustria. Os cinco brancos foram E. Guigal Viognier 2015, Condrieu, França;  Domaine Sigalas Assyrtiko 2014, Kavalieros Santorini PDO, Grécia; Gadais Père & Fils Muscadet Sèvre et Maine Sur Lie Vielles Vignes Melon de Bourbogne 2014, França; Thorle Riesling 2015 Schlossberg, Alemanha; e Gonzalez Byass Palomino Fino não datado, um vinho de Jerez, Espanha.

Na prova cega participaram um total de 115 profissionais presentes na Vinexpo Bordéus. O vencedor foi Stéphane Saillet, produtor francês de Mauperthuis Morronniers Chablis, ao alcançar 49 pontos em 100 possíveis.

Redação | Revista de Vinhos