"Flavors & Senses", blogue dedicado a gastronomia e viagens, já entregou os ansiados prémios “Os Melhores para 2017”. A 5ª edição da iniciativa distinguiu, em 16 categorias, os melhores da restauração do Porto e da região Norte.

Foram atribuídos, pela primeira vez, prémios a restaurantes não portuenses. Rei dos Leitões (Mealhada) foi considerado o melhor das Beiras, Solar Bragançano (Bragança) o melhor de Trás-os Montes e Ferrugem (Famalicão) o melhor do Minho. Ainda no capítulo dos restaurantes, Puro 4050 venceu na categoria “Trendy”, Esquina do Avesso na categoria “Petiscos”, Adega S. Nicolau na categoria “Tradicional”, Ichiban na categoria “Especializado” e Euskalduna nas categorias “De Autor” e “Restaurante Revelação”. O The Yeatman subiu ao pódio com as distinções “Serviço de Vinhos” e “Restaurante do Ano”. O Paparico tem o melhor “Serviço de Sala” e Club del Gourmet – El Corte Inglès recebeu o prémio de melhor “Loja Gastronómica”.

No campo das personalidades, Sérgio Cambas (O Paparico e Cervejaria Brasão) é o “Empresário do Ano”, Vasco Coelho Santos (Euskalduna) o “Chefe a Seguir” e Ricardo Costa (The Yeatman) o “Chefe do Ano”. Já o prémio “Mérito e Excelência” foi para António Coelho (Adega S.Nicolau, Terreiro e Taberna dos Mercadores).

“Esta foi a maior e mais badalada edição dos prémios “Flavors & Senses”, uma prova da importância que este reconhecimento tem para o setor, assim como uma prova de que a restauração no Norte do país está cada vez mais forte e com melhores propostas. Prova disso foi a dificuldade que os cerca de 120 jurados tiveram para encontrar um vencedor absoluto em cada categoria, mostrando assim que existem muitas e boas opções para cada um dos prémios”, realçou João Oliveira, autor do blogue Flavors & Senses e promotor do evento. 

A cerimónia de entrega de prémios realizou-se nas renovadas Caves da Cockburn’s, em Vila Nova de Gaia, e contou com a presença de quase duas centenas de convidados.

Redação | Revista de Vinhos