A edição de 2019 da VINDOURO Wine & History trouxe S. João da Pesqueira para o centro do Douro durante três longos dias. Uma festa de programa e recinto cheios, com milhares de visitantes. Pedro Abrunhosa e Amor Electro foram apostas ganhas, com concertos de lotação esgotada.

O programa de três dias anunciava uma festa grande e foi isso mesmo que aconteceu. A VINDOURO – Wine & History terminou ontem e o balanço é digno do melhor registo: milhares de visitantes, lotação esgotada nos concertos, um concurso de vinhos que premiou as melhores referências da região e uma tradição pombalina celebrada com entusiasmo.

A mudança de local no ano passado, para a renovada Praça do Marquês, e a concentração da festa num recinto mais intimista mostrou ser uma fórmula de sucesso para a VINDOURO.

Logo no primeiro dia, na sexta-feira, o programa tinha dois grandes pontos altos, para além da inauguração. Primeiro, o já clássico e habitual Jantar Pombalino; depois, o concerto dos Amor Electro, esgotado para receber a banda lisboeta que atua um pouco por toda a europa.

S. João da Pesqueira acordou no sábado com uma agenda igualmente preenchida e uma grande expectativa para o dia que se avizinhava. Uma enchente fez a VINDOURO transportar-se para uma dimensão inédita, entre conversas de vinho, mercado e cortejo pombalinos, no fecho com Pedro Abrunhosa e um concerto memorável e esgotado.

Também esgotada esteve a capacidade hoteleira do Concelho e da região, um sinal da capacidade de atração deste evento.

No domingo, último dia de evento, o programa alinhava-se pelos dois dias anteriores no que à ambição dizia respeito. E a expectativa não ficou gorada. O Mercado Pombalino e o Cortejo voltaram a animar os visitantes, num dia em que houve tempo para tudo: um eco trail, provas livres, um prémio equestre, uma corrida de toiros. E num programa cheio, a plateia alargou-se grandemente pela transmissão em direto para o país, através do programa ‘Somos Portugal’, da TVI.