Douro e Porto acabam de arrecadar três prémios internacionais de enoturismo. A Quinta do Vallado, na categoria global de “Arquitetura e Paisagens”, a Quinta do Crasto e o The Yeatman, nas categorias regionais “Serviços de Enoturismo” e “Restaurante Vínico”, respetivamente. As distinções estão relacionados com os “Best Of Wine Tourism 2013”, promovidos pela Rede de Capitais de Grandes Vinhedos.

Propriedade dos tetranetos da célebre Ferreirinha, a Quinta do Vallado destacou-se este ano com a abertura de um novo hotel rural, assinado pelo arquiteto Francisco Vieira de Campos, que proporciona aos visitantes o verdadeiro espírito do Douro. Por sua vez, a Quinta do Crasto oferece programas de enoturismo feitos à medida de cada visitante e que incluem degustações de vinho, almoços ou jantares e passeios de barco no rio Douro. Já o restaurante The Yeatman, liderado pelo chefe Ricardo Costa, é o único com estrela Michelin do Grande Porto.
 
Anualmente a Rede de Capitais de Grandes Vinhedos coloca em disputa, através do concurso “Best of Wine Tourism”, os melhores prestadores de serviços de enoturismo de nove capitais vinhateiras de todo o mundo. Além do Porto, integram a rede as cidades de Mainz (Alemanha), Mendoza (Argentina), Cidade do Cabo (África do Sul), São Francisco (EUA), Bilbao (Espanha), Bordéus (França), Florença (Itália) e Christchurch (Nova Zelândia).


Redação | WINE-A Essência do Vinho