O Guia Michelin “Espanha & Portugal” 2013 tem certamente um sabor agridoce no caso português. A novidade mais positiva é mesmo a conquista pelo restaurante lisboeta Belcanto, onde pontifica atualmente o chefe de cozinha José Avillez, de uma estrela Michelin.

Em sentido contrário, o Tavares, restaurante vizinho do Belcanto no Chiado, e outro dos clássicos de Lisboa, perdeu a estrela que detinha (chefe Aimé Barroyer). Em Coimbra, o Arcadas da Capela, na Quinta das Lágrimas (chefe Albano Lourenço) também perdeu a distinção do famoso guia vermelho.

Contas feitas, os algarvios Vila Joya e The Ocean mantêm duas estrelas Michelin; o São Gabriel, Willie’s, Henrique Leis, também no Algarve, mantêm uma estrela; o Il Gallo dOro, no Funchal, o Largo do Paço - Casa da Calçada, em Amarante, o The Yeatman, em Vila Nova de Gaia, a Fortaleza do Guincho, em Cascais, o Feitoria e agora também o Belcanto, em Lisboa, somam uma estrela cada. No total, 11 restaurantes distinguido, que perfazem 13 estrelas.

Redação | WINE-A Essência do Vinho