Touriga  Nacional, Syrah,  Trincadeira,  Tinto  Cão, Touriga Franca e Tannat. São seis as castas que deram origem ao Hexagon 2008, um dos topos de gama da José Maria da Fonseca.

Para o enólogo Domingos Soares Franco, que há muito queria fazer "um grande vinho português ao melhor estilo e nível internacional", a nova colheita é uma celebração entre o Novo e o Velho Mundo, o que resultou num exemplar de "complexidade única, cor rubi intensa e aroma denso e fechado".

No total foram produzidas 11.809 garrafas no formato tradicional e 305 garrafas magnuns, com um PVP de 39,49€.

Redação | WINE-A Essência do Vinho