O crítico de vinhos e apresentador de televisão inglês Olly Smith esteve, na semana passada, em Portugal a degustar 500 referências de várias regiões. Desta iniciativa, promovida pela ViniPortugal, resultou uma seleção dos “50 melhores vinhos portugueses”, a apresentar em Londres.

Destacando a “qualidade e diversidade de sabores e aromas” da oferta nacional, sobretudo o “carácter, modernidade e excelente relação qualidade/preço”, Olly Smith considera que os vinhos portugueses têm muito potencial para conquistar os consumidores britânicos, ávidos de novas experiências enogastronómicas.

Para Jorge Monteiro, presidente da ViniPortugal, “este tipo de iniciativas tem tido um elevado impacto, pelo facto de se tratar de uma seleção efetuada por quem se encontra no mercado e compreende  melhor o que os consumidores procuram”. Explica ainda que “o Reino Unido continua a ser um dos alvos prioritários” dos vinhos portugueses, tendo em conta os dados do terceiro trimestre de 2012, que apontam Portugal e Nova Zelândia como os únicos exportadores a apresentarem acentuados sinais de crescimento. 


Redação | WINE-A Essência do Vinho