A Comissão Vitivinícola Regional (CVR) do Tejo anunciou recentemente que vai investir mais de um milhão de euros ao longo deste ano, com o objetivo de “aumentar a penetração dos vinhos do Tejo em Portugal e em seis novos mercados internacionais”.

No caso português, a CVR Tejo pretende consolidar a imagem conquistada junto dos consumidores, através de eventos e ações de marketing já habituais. Enfoque também para as novas edições de iniciativas como o “Concurso de Iguarias e Vinhos do Tejo”, “Concurso de Vinhos Engarrafados do Tejo” , “Gala Vinhos do Tejo” e “Portas Abertas do Tejo”, que a CVR considera capazes de atrair muito público. “Este ano temos um plano muito ambicioso, na verdade o mais ambicioso de sempre, não apenas ao nível do investimento, que é o mais elevado de sempre, mas também com a dinamização de ações de promoção e marketing arrojadas, a nível interno e externo”, garante o presidente da CVR Tejo, José Pinto Gaspar.

A CVR Tejo registou em 2012 um resultado positivo, ao certificar cerca de 12 milhões de litros de vinho, um crescimento de 0,89% face a 2011. As expedições para a União Europeia (UE) aumentaram 3,4%, para 2,7 milhões de litros, enquanto que as exportações para os restantes países do mundo subiram 3,3%, para 2,4 milhões de litros. Alemanha, Estados Unidos, Suíça, China, Rússia e Canadá foram os mercados que apresentaram os maiores índices de crescimento.

Redação | WINE - A Essência do Vinho