Contrariando a tendência recessiva portuguesa e de boa parte da economia europeia, a Corticeira Amorim registou um crescimento de resultados e de vendas pelo terceiro ano consecutivo, atingindo os 511 milhões de euros.

O exercício de 2012 teve resultados líquidos acima dos 31 milhões, significando um aumento de 22,9% face a período homólogo. “A diversidade da atividade da Corticeira Amorim, o incremento do seu negócio em geografias extra Europa e o aumento da eficiência operacional das várias unidades de negócios têm sido determinantes no desempenho da sociedade”, acentua a corticeira.

A unidade de negócios relacionada com as rolhas de cortiça aumentou as vendas em 4%, muito graças aos resultados alcançados nos países do chamado Novo Mundo do vinho, dado que houve um abrandamento generalizado na Europa. As vendas de rolhas naturais cresceram 1,9% e das rolhas Neutrocork aumentaram 20%.

Redação | WINE - A Essência do Vinho