Para quem gosta de rankings e tem interesse particular pela enogastronomia, a tabela anual dos “50 Melhores Restaurantes do Mundo”, publicada pela britânica “Restaurant”, é simplesmente obrigatória. O El Celler de Can Roca, em Girona, Barcelona, ocupa agora o palco maior.

O restaurante que Joan Roca lidera com os irmãos Josep (chefe de sala e sommelier) e Jordi  Roca (chefe pasteleiro), sucede ao El Bulli como novo restaurante da Catalunha no foco de todas as atenções. No caso específico desta tabela troca de lugar com o dinamarquês Noma, que desceu para a segunda posição, após ter sido líder nos últimos anos. A Osteria Francescana, outro restaurante três estrelas Michelin, em Modena, Itália, ocupa a terceira posição.

Espreitando a restante classificação, nota para o sexto lugar do brasileiro D.O.M. (Alex Atala, São Paulo) e a subida do português Vila Joya (Dieter Koshina, Algarve) até ao 37º posto. Destaque final para o Viajante (Nuno Mendes, Londres) que dá sinais de crescendo de notoriedade, aproximando-se dos 50 melhores (ocupa na atualidade a 59ª posição).

Redação | WINE - A Essência do Vinho