O turismo associado ao vinho e à paisagem vinhateira tem-se assumido como um motor significativo de promoção e desenvolvimento de regiões de importantes países produtores. O Douro conhece já vários programas e infraestruturas de enoturismo, mas terá esgotado o imenso potencial que detém nesse âmbito? E o modelo até agora seguido tem sido o correto?

 

Certamente, essa análise deverá ser ponderada durante o “Douro Wine Tourism International Seminar”, seminário internacional que vai reunir especialistas de Portugal, Espanha, França e EUA, na próxima sexta-feira, dia 7, no Teatro Ribeiro Conceição, em Lamego.

A sessão de abertura, agendada para as 14h, contará as intervenções de Francisco Lopes, presidente da Câmara Municipal de Lamego; Rui Oliveira, presidente da Beira Douro - Associação de Desenvolvimento do Vale do Douro; José Marques, presidente da Associação do Douro Histórico; e Dinis Cordeiro, presidente da Douro Superior - Associação de Desenvolvimento.

A norte-americana Diane Letulle, do blogue “Wine Lover’s Journal”, analisará a criação de fatores de sucesso na visita a produtores de vinho. Já Melba Allen, uma norte-americana radicada há longa data na França, que lidera com Michel Buillarg a Oeno, uma agência de promoção do conhecimento sobre vinho, expõe os crescentes desígnios do enoturismo.

Do lado português, haverá uma reflexão sobre dois casos de sucesso da atividade no Alentejo - o Esporão (João Roquette, administrador) e a Herdade da Malhadinha Nova (João Soares, produtor) e também será observado em detalhe o caso das adegas Muga, na Rioja, Espanha (Ana López-Cano, diretora de marketing e RP).

Neste seminário internacional de enoturismo outro dos pontos fortes será a apresentação de novas ferramentas de comunicação relacionadas com o Douro, em concreto aplicações móveis (sistemas iPhone e Android), um novo website, um guia e um manual de boas práticas.

Rui Falcão, jornalista e crítico de vinhos da revista WINE – A Essência do Vinho, fará o lançamento destas aplicações, pormenorizando em que consistem e que mais-valias trarão à região.

O seminário culminará pelas 17h45, com intervenção do presidente do Instituto dos Vinhos do Douro e Porto, Manuel de Novaes Cabral.

Organizado pela Beira Douro - Associação de Desenvolvimento do Vale do Douro, a Associação do Douro Histórico e a Douro Superior - Associação de Desenvolvimento, o “Douro Wine Tourism International Seminar” tem inscrição gratuita mas obrigatória, no link: http://seminariointernacionalsobreenoturismonodouro.essenciadovinho.com

No final do seminário internacional será inaugurado o “Taste Douro”, evento enogastronómico que decorrerá até domingo, no Museu de Lamego.

Organizado pela Beira Douro, com produção da EV - Essência do Vinho, o “Taste Douro” tem por objetivos divulgar, promover e dinamizar a região do Douro, através de alguns dos produtos de maior notoriedade na região: vinhos DOC Douro e Porto, iguarias regionais e delicatessen. O programa integral está disponível em www.tastedouro.com


PROGRAMA PARA DOWNLOAD: PDF.


Redação | WINE - A Essência do Vinho