Mais de 10.000 pessoas visitaram o “MARISCO NO LARGO”, o primeiro dos festivais “Super Gastronómicos” que a Super Bock e a EV-Essência do Vinho estão a organizar. Ao longo de 11 dias, ao ritmo médio de quase um milhar de entradas por dia, o Largo José Afonso, em Setúbal, revelou-se um palco privilegiado para os apreciadores da gastronomia de mar e das harmonizações com cerveja.

Das 18h às 24h, quatro restaurantes convidados – Beira Mar, Martróia, Novo 10 e Rius – propuseram menus exclusivos de marisco, com opções tão distintas como açorda, arroz ou feijoada de marisco, amêijoas, sapateiras e santolas, carabineiros, camarão, lagosta e outras tentações. Contas feitas, o “MARISCO NO LARGO” serviu cerca de seis toneladas de marisco.

O festival deu ainda a provar as novas Cervejas Artesanais Super Bock Selecção 1927 – a Imperial Stout e a Premium American Lager - , elaboradas a pensar no casamento com a gastronomia. A Premium American Lager, em particular, foi elaborada com ingredientes da região (arroz da Herdade da Comporta e malte do Poceirão), inspirada no mar e pensada para acompanhar na perfeição pratos como amêijoas, lagosta e camarão.

Pelo “MARISCO NO LARGO” passaram também jovens valores da gastronomia portuguesa, que tiveram oportunidade de expor criativas propostas à base de mariscos e peixes da nossa costa. Sónia Carocha, Rodrigo Meneses, Bruno Antunes, Fábio Bernardino e Luis Barradas protagonizaram as muito concorridas sessões de cozinha ao vivo do festival, que parecem ter convencido quem as assistiu. No penúltimo dia, Sónia Carocha teve por companhia Beatriz Carvalho, Beer Sommelier da Unicer, numa combinação cerveja/gastronomia que acabaria por demonstrar a capacidade de acompanhamento gastronómico das novas cervejas artesanais Super Bock.

“Conseguimos cumprir os principais objetivos a que nos propusemos à partida para o festival: contribuímos para animar o centro histórico de Setúbal e para mediatizar a restauração e a gastronomia tradicionais da região, promovemos a harmonização entre a cerveja e a cozinha de mar numa época do ano tão propícia para isso, como é o verão, e apresentamos ao grande público a nova coleção limitada de cervejas artesanais Super Bock. Sem dúvida é um balanço bem-sucedido e que supera, em vários aspetos, as nossas expetativas iniciais”, destaca João Esteves, diretor de marketing cervejas da UNICER. 

“Conseguimos posicionar um festival gastronómico popular num patamar de qualidade acima da média. O facto de termos registado mais de 10.000 visitas demonstra que o conceito foi compreendido e muito bem aceite pelos setubalenses e por muitos turistas da região, estando lançadas as bases para a realização de uma segunda edição, no verão de 2014, novamente com o imprescindível apoio da autarquia local”, reforça Nuno Pires, diretor da EV - Essência do Vinho.

Próximo capítulo no Porto,

com a famosa francesinha

 

Depois do sucesso do “MARISCO NO LARGO”, os festivais “Super Gastronómicos” regressam com a segunda edição do “Francesinha na Baixa”, na emblemática Praça D. João I, no centro do Porto, de 4 a 13 de outubro.

A famosa iguaria tripeira estará representada no evento através de cinco emblemáticas cervejarias portuenses, especializadas e reconhecidas pelo cunho que conferem à francesinha. O evento contará ainda muita animação e sessões de cozinha ao vivo, onde o desafio colocado aos chefes convidados é o de reinterpretarem a francesinha tradicional, recentemente considerada pelo portal online de viagens e turismo “AOL Travel” uma das 10 melhores sanduíches do mundo. A francesinha será acompanhada das inevitáveis cervejas Super Bock e da linha de cervejas artesanais Selecção 1927.

Em breve, o programa da segunda edição do “Francesinha na Baixa” será detalhado em www.supergastronomicos.com 

Redação | WINE - A Essência do Vinho