A distribuidora portuguesa Lusovini adquiriu à Rui Costa e Sousa & Irmão os restantes 50% da Brasvini, a filial no Brasil.  Depois desta aquisição à empresa líder na importação e distribuição de bacalhau no mercado brasileiro, a Lusovini acredita que conseguirá duplicar a faturação já no próximo ano, superando os dois milhões de dólares de vendas em 2014.

“Os objetivos foram conseguidos, tendo a associação com os Srs. Rui e Sérgio Costa e Sousa, da empresa Rui Costa & Sousa, funcionado bem: a associação dos vinhos portugueses ao bacalhau fez sentido como estratégia de entrada dos nossos vinhos”, afirma Casimiro Gomes, presidente do grupo Lusovini. “Agora, porém, é a hora de trabalharmos o mercado brasileiro de uma forma mais intensa, uma vez que temos um portefólio completo, com vinhos das principais regiões e, acima de tudo, a possibilidade de oferecer um serviço integrado aos nossos clientes. Já temos todas as condições para crescer, nomeadamente nos segmentos que procuram vinhos originais e exclusivos”, explica.

Além de Portugal e Brasil, a Lusovini opera também em Angola e Moçambique, outros dois mercados com forte expressão. Estados Unidos, Norte da Europa e Ásia estão igualmente a ser trabalhados pelo grupo. A maioria dos vinhos distribuídos pela Lusovini são marcas que resultam de parcerias entre o grupo e alguns dos mais prestigiados produtores e enólogos portugueses, tais como Álvaro de Castro, Andresen, Domingos Alves de Sousa, Henrique Granadeiro, João Paulo Gouveia, Luis Duarte, entre outros.


Redação | WINE - A Essência do Vinho