O chefe Pedro Lemos acaba de alargar o conceito do restaurante na Foz Velha – onde se pode desfrutar de uma das principais experiências gastronómicas e vínicas da cidade do Porto – e passou a abrir à hora de almoço, com um menu a preços atrativos onde recupera alguns dos pratos mais emblemáticos.

Por 20€ ou 30€ – respetivamente, para menus de três ou cinco pratos –, o jovem chefe que em boa hora deixou o curso de Engenharia Civil para abraçar a paixão pela cozinha com os “mestres” Miguel Castro e Silva, Hélio Loureiro e Aimée Barroyer, disponibiliza à hora de almoço uma carta em constante transformação consoante os ciclos da natureza e do mercado.

No dia em que a WINE - A Essência do Vinho experimentou este novo menu executivo, pelo simpático custo de 20€, pudemos degustar uma deliciosa sopa de boca negra; o célebre leitão à Pedro Lemos, crocante e muito saboroso, com “chips” de batata doce; e, a fechar, um divinal creme “brûlée” com gelado de maracujá.De terça a domingo, e caso não opte por almoçar no charmoso interior do restaurante, tem a oportunidade de fazer a refeição no acolhedor terraço, agora que a primavera vai proporcionando alguns dias amenos e ensolarados.

O restaurante Pedro Lemos em versão “lunch time” constitui mais um atrativo na cidade escolhida pelos internautas como melhor destino europeu em dois anos consecutivos. E uma oportunidade acessível para comprovar que Pedro Lemos é, efetivamente, um dos mais interessantes chefes portugueses.


Luís Costa | WINE - A Essência do Vinho