A ViniPortugal vai organizar duas provas anuais de vinhos portugueses no Canadá, com o objetivo de identificar novas oportunidades de negócio para os produtores nacionais e destes darem a conhecer as novas colheitas aos atuais clientes. A primeira será já esta terça-feira (dia 6 de maio), na SAT – Société des Arts technologiques, em Montreal, contando a presença de 41 produtores, e a segunda na quinta-feira (dia 8), na Vancouver Art Gallery, com a presença de 38 produtores.

Especialmente dirigidas a importadores, sommeliers, compradores, jornalistas, críticos de vinho e operadores do setor especializado, as duas provas apresentam, este ano, formatos diferentes. Em Montreal, mercado mais maduro e onde a presença dos Vinhos de Portugal é maior, a prova será alargada a cerca de 300 consumidores com conhecimento e interesse pelo vinho internacional. Além disso, Véronique Rivest, eleita melhor sommelier do Canadá em 2006 e em 2012, irá conduzir três seminários sobre vinhos portugueses, um destinado a profissionais e os outros dois a consumidores. Já em Vancouver, o objetivo principal é alargar o âmbito de projeção dos vinhos portugueses, focando-se no público profissional e recebendo também produtores sem distribuição na província que pretendam agilizar contactos e potenciar oportunidades de negócios. Nesta cidade, será a sommelier Treve Ring a conduzir um seminário que evidenciará a diversidade das castas autóctones e a autenticidade e complexidades dos vinhos portugueses.

Jorge Monteiro, presidente da ViniPortugal, realça o Canadá como "o melhor mercado em termos de preço médio nos dez mercados estratégicos (3,31 €/litro)", defendendo a importância de "solidificar o crescimento e o posicionamento dos Vinhos de Portugal neste que é o oitavo principal mercado em valor para as exportações".

 

Redação | WINE - A Essência do Vinho