Até domingo (15 de junho) encontra-se a decorrer, no Centro Nacional de Exposições, em Santarém, a 51ª Feira Nacional de Agricultura e 61ª Feira do Ribatejo, que este ano conta já a maior área de exposição de sempre, que se traduz em mais de 40% de faturação relativamente ao ano anterior.

Subordinado ao tema "Produção Nacional", o certame realça a importância dos produtos genuinamente portugueses no setor agrícola, através de atividades como seminários, colóquios, apresentações de produtos e demonstrações, incentivando deste modo a aquisição de produtos nacionais como forma de contribuir para o equilíbrio da balança comercial do país e para a recuperação economia nacional. Neste mesmo sentido, o certame integra um espaço de exposição dedicado à iniciativa "Portugal Sou Eu", programa do Ministério da Economia e do Emprego que procura valorizar a produção nacional.

A Ministra da Agricultura e do Mar, Assunção Cristas, marcou presença na inauguração desta feira, no sábado passado, destacando a relevância e o dinamismo do setor que considera estar "ativo, em crescimento e a rejuvenescer-se". Acrescentou ainda que “é imprescindível dar força à produção nacional; continuar a inovar e contribuir para produtos nacionais inovadores e diferenciados que possam ajudar no aumento das exportações”.


Redação | WINE-A Essência do Vinho