“Esta intrigante região rural, situada a duas horas de Lisboa, é como uma viagem de volta no tempo para os amantes do vinho”. A frase é do jornal norte-americano “USA Today”, que acaba de eleger o Alentejo como a melhor região vinícola do mundo para visitar.

“O terreno diverso detém olivais e vinhas, aldeias pitorescas, prados cheios de flores e florestas”, continua o jornal, um dos que possui maior circulação nos Estados Unidos. E a gastronomia? “É rústica e autêntica, aproveitando ao máximo o estilo de vida agrário da região”.

A eleição decorreu no sítio 10Best.com e na secção de viagens do jornal. Kerry Woorlard e Frank Pulice, dois especialistas em vinho, pré-selecionaram 20 candidatos, em que o Alentejo era o único representante português. No “top 5” ficaram ainda as regiões de Okagan Valley (Canadá), Maipo (Chile), Marlborough (Nova Zelândia) e Croácia. Borgonha (França), Champagne (França), Rioja (Espanha) e Piamonte (Itália) constavam ainda dos pré-selecionados.

“É uma distinção importante para o Alentejo e para o país, que tem impacto muito positivo no potencial de notoriedade que a região pode obter nos mercados internacionais”, refere Dora Simões, presidente da Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA). “Vem também dar um grande impulso ao trabalho que é desenvolvido na promoção do vinho e no enoturismo no Alentejo, quer internamente quer junto de mercados externos estratégicos”, complementa.

 Redação | WINE - A Essência do Vinho