O presidente do Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto (IVDP), Manuel de Novaes Cabral, vai ser condecorado com o grau de Chevalier de la Légion d´Honneur, na próxima segunda-feira, 13 de outubro, pelas 17h30, no IVDP, no Porto. Trata-se da mais alta condecoração do Estado francês e é atribuída ao presidente do IVDP como reconhecimento pelas atividades que tem desenvolvido ao longo da vida pessoal e profissional, em prol da aproximação entre Portugal e a França e, particularmente, na promoção da língua e cultura francesas.A ação  de Manuel de Novaes Cabral no âmbito da reativação da Aliança Francesa no Porto, da qual é atualmente presidente, é um exemplo claro desse contributo, bem como o programa que tem sido desenvolvido pelo IVDP para promoção do Vinho do Porto na França, junto das escolas de hotelaria. A condecoração será entregue pelo Embaixador de França em Portugal, Jean-François Blarel.

"É uma honra, mas sobretudo um compromisso para a continuidade de divulgação da língua e da cultura francesa", comenta Manuel de Novaes Cabral. "Recebo esta condecoração numa altura em que sou presidente do IVDP, não podendo deixar de destacar o Vinho do Porto como um elemento da cultura portuguesa que é um ponto de encontro com França pelas estreitas relações que são estabelecidas com o país que é desde 1963 o primeiro mercado de vinho do Porto bem como o trabalho desenvolvido por toda a equipa do IVDP na certificação, controlo, defesa e promoção do Vinho do Porto e do Douro no mundo ", acrescenta.

A Ordem Nacional da Legião de Honra (Ordre National de la Légion dHonneur) foi instituída em 1802 e é atribuída como recompensa dos méritos eminentes militares ou civis à nação francesa. Manuel de Novaes Cabral tinha já sido condecorado com o grau de Oficial da Ordem do Mérito Agrícola de França, em 2005.

Redação | WINE - A Essência do Vinho