A Corticeira Amorim alcançou vendas na ordem dos 429,7 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano, o que significa um aumento de 2,5% face a igual período de 2013. Em comunicado, a corticeira divulga ainda que no terceiro trimestre do ano atingiu os 140,6 milhões, resultado em larga medida impulsionado pelo segmento das rolhas.

A unidade de negócios de rolhas apresentou, no terceiro trimestre, um crescimento de 15 milhões (mais 5,8%), atingindo os 275,8 milhões de euros. O resultado líquido da corticeira  superou os 29 milhões de euros nos primeiros nove meses de 2014, o que se traduz numa subida de 15,5% face a igual período do ano anterior (25,1 milhões). Destes resultados, 10,6 milhões de euros são relativos aos lucros obtidos no terceiro trimestre.

Face aos resultados e às perspetivas para o exercício corrente, a Corticeira Amorim indica que “o Conselho de Administração propõe convocar a Assembleia Geral de Acionistas a fim de propor a distribuição de reservas livres equivalentes ao valor bruto de 0,07 cêntimos por ação, a distribuir aos acionistas na proporção das suas participações, a pagar no prazo máximo de 20 dias após aprovação da Assembleia Geral”.


Redação | WINE - A Essência do Vinho